O que é Kamta?

Kamta, que literalmente significa “as terras negras”, se referem fisicamente à região sul do Kemet (Egito Antigo), cujo solo foi coberto com lodo preto fértil após a inundação do rio Nilo. Do ponto de vista kemético, a cor preta não significa negatividade e mal. Segundo os antigos sábios keméticos, falando alquimicamente e metafisicamente, o termo “preto” era usado para se referir ao que está oculto, um mistério, misterioso, invisível, regenerativo, ilimitado, renascimento, escuridão, local de origem original, etc.  Leia mais… »

Kemet um marco na história da civilização humana

Os grandes feitos de Kemet foram legitimamente desenvolvidos por seres humanos, não por alienígenas ou atlantes. Há uma tentativa de Gnósticos e esotéricos de desafricanizar o Kemet por racismo ou por não caber em suas “cabeças evoluídas” que o povo africano é capaz de desenvolver uma civilização avançada. Leia mais… »